Consultoria em TI Verde

[clearspring_widget title=”Animoto.com” wid=”46928cc51133af17″ pid=”4b165272568f2348″ width=”432″ height=”240″ domain=”widgets.clearspring.com”]

GESTÃO DE ENERGIA

12/11/2009

GESTÃO DE ENERGIA HEADING_TITLE
Advanced Configuration and Power Interface (ACPI), um padrão aberto de setor, permite que um sistema operacional controle diretamente com o poder de salvar os aspectos do seu hardware subjacente. Isto permite que um sistema desligue automaticamente um componente, tais como monitores e discos rígidos após definir os períodos de inatividade. Além disso, um sistema de hibernação, onde a maior parte dos componentes (incluindo a CPU e o sistema RAM) é desligada. ACPI é o sucessor de um anterior padrão Intel-Microsoft, chamada Advanced Power Management, Permitindo uma BIOS do computador para controlar funções de gestão de energia. Alguns programas permitem ao usuário ajustar manualmente a tensão fornecida à CPU, o que reduz tanto a quantidade de calor produzido e eletricidade consumida. Este processo é chamado undervolting. Alguns CPUs podem automaticamente fazer um undervolt do processador, dependendo do volume de trabalho, esta tecnologia é chamada de “SpeedStep” em processadores Intel, “PowerNow!” / “Cool’n’Quiet” em chips AMD, longo da Via CPUs, e LongRun com processadores Transmeta.

Fonte: Zion Technologies – TI VERDE

CONSOLIDAÇÃO DE SERVIDORES
Um pensamento comum entre administradores de rede é de ter um servidor por serviço. Esta medida garante uma maior segurança e maior disponibilidade dos serviços na rede, já que a falha de um servidor só afeta um serviço e a vulnerabilidade de um serviço só expõe um servidor.

 

No entanto, a taxa de utilização dos recursos de hardware de um servidor é extremamente baixa, o que indica uma subutilização de seus recursos. A consolidação de servidores consiste em usar apenas uma máquina física com diversas máquinas virtuais, sendo uma para cada servidor. Essa nova abordagem garante o isolamento dos servidores e apresenta as vantagens de aumentar a taxa de utilização de servidores, reduzir os custos operacionais, criar ambientes mais flexíveis e reduzir custos de administração.

 

style=”font-size: 9pt;”>O ponto mais importante da consolidação de servidores é o melhor aproveitamento dos recursos, já que se existem n servidores com uma taxa de utilização x, tal que x <>n servidores em apenas um, com taxa de utilização de n.x, desde que n.x <>

 

Outro ponto a ser levantado é que a consolidação permite ocupar menos espaço físico com servidores, pois estes passam a ser apenas uma máquina física. Isso propicia menos gastos com eletricidade, já que o número de máquinas é menor, e com manutenção de máquinas. Vale ainda lembrar que a virtualização aumenta a flexibilidade, pois pode-se instalar diversos ambientes em uma mesma máquina, por exemplo, ter serviços que são executados em ambiente Windows, coexistindo em uma mesma máquina física, mas em máquinas virtuais distintas, que serviços que são executados em ambiente Linux.

Fonte: Zion Technologies – TI VERDE

ARMAZENAMENTO HEADING_TITLE
Formato menor (por exemplo, 2,5 polegada) unidades de disco rígido muitas vezes consomem menos energia do que por gigabyte fisicamente maiores. Diferentemente unidades de disco rígido, drives de estado sólido armazena dados na memória flash ou DRAM. Sem partes móveis, o consumo de energia pode ser reduzida para uma fraca capacidade de dispositivo flash baseado. Mesmo a modestos tamanhos, DRAM-based SSDs podem utilizar mais energia do que os discos rígidos (por exemplo, 4GB i – RAM usa mais energia e espaço que unidades de laptop). Unidades Flash de based são geralmente mais lentos para escrever do que os discos rígidos. No disco rígido os preços caíram, quanto ao armazenamento têm tendência para aumento da capacidade de fazer mais dados disponíveis on-line. Isso inclui arquivos e backup de dados que anteriormente tenham sido guardadas em fita ou outro armazenamento off-line. O aumento do armazenamento online aumenta o consumo de energia. Redução da potência consumida por grandes matrizes de armazenamento, enquanto continua a proporcionar os benefícios de armazenamento online.

Fonte: Zion Technologies – TI VERDE

TI VERDE

12/11/2009

TI Verde

TI Verde, ou computação verde é o estudo e a prática da utilização eficiente dos recursos computacionais.

O principal objetivo deste programa é o de uma conta para o triple bottom line, um espectro expandido de valores e critérios de medição organizacional (e social)de sucesso.

Os objetivos são:

* Reduzir o uso de materiais perigosos para o meio ambiente.
* Maximizar a eficiência energética durante a vida útil do produto.
* Promover a reciclagem ou biodegradabilidade dos produtos.
* Extinguir a fabricação de resíduos poluentes ao meio ambiente.

Modernos sistemas de computação verde dependem de:

* Pessoas
* Redes
* Hardware

Como tal, uma iniciativa de computação verde deve ser de natureza sistêmica, e abordar os problemas cada vez mais sofisticados.

Elementos de tal solução incluem itens como:

* Satisfação total do usuário final
* Reestruturação de gestão
* Cumprimento regulamentar
* Disposição de resíduos eletrônicos
* Tele trabalho
* Virtualização do servidor de recursos
* Utilização de energia
* Soluções thin clienT
* Retorno sobre investimento (ROI).

Saiba mais sobre TI Verde:

Apresentação Zion Technologies

[clearspring_widget title=”Animoto.com” wid=”46928cc51133af17″ pid=”49f32ca115344457″ width=”432″ height=”240″ domain=”widgets.clearspring.com”]